domingo, 26 de agosto de 2007

CONFIANDO NA SOBERANIA DE DEUS

Deus sofre as nossas angustias. Precisamos compreender que Ele nos amolda, nos prova para a eternidade. Juizes 10:16 – O Senhor foi angustiado por causa da aflição de Israel. Em Êxodo 3:7 – Deus fala com Moisés: tenho visto a aflição do meu povo que está no Egito... tenho conhecido as suas angústias ... A palavra conhecer significa mais que uma compreensão intelectual da situação. Em hebraico implica um profundo compromisso pessoal. (Jonh White). Na palavra, temos um tremendo exemplo de confiança absoluta na soberania de Deus: o de Lia. Repudiada, preterida, vendida e usada, ela em momento algum atribuiu a Deus sua desdita; mas em cada filho que lhe nascia ela lhe punha um nome em louvor ao Senhor. Tornou-se, assim, uma mulher grandemente privilegiada, mãe de dez tribos dentre as doze de Israel. Um dos maiores exemplos para mim, na história sagrada, foi Jó. Sem listar todas as suas perdas sofridas quando Deus quis provar ao diabo que podia contar com ele, e deixar registrado esse tremendo e grandioso exemplo de confiança na soberania de Deus e absoluta fidelidade. A mais dolorosa de todas as perdas, incomparável, inimaginável, foi à morte dos seus dez filhos de uma só vez. Meu Deus! Quem poderia suportar tamanha dor sem a força, confiança e a graça do Senhor? Mas nessa hora cruel, Jó caiu por terra e adorou ao Senhor. Jó 1:20“Então, Jó se levantou, rasgou o seu manto, rapou a cabeça e lançou-se em terra e adorou.” 22 – “Em tudo isso, Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma.”. Cantar e louvar a meia noite dentro de um cárcere, tendo os pés atados com grilhões e o corpo recortado de açoites, e ganhar vidas para Jesus nesse estado, é ação de quem confia absolutamente na soberania de Deus. Assim fizeram Paulo e Silas. Continuar com uma extrema paixão por Jesus como os apóstolos, após tantas perseguições, fome, nudez, mortes e sofrimentos de toda sorte. Ter o coração livre de amarguras, auto-piedade e mágoas. Somente para quem conhece O grande e Eterno. É fundamental conhecermos a Deus. É necessário se ter intimidade com Deus. É imprescindível conhecê-Lo no diálogo somente a dois. Nós amamos mais a quem conhecemos mais e confiamos em quem corresponde ao nosso coração. Só mantemos uma comunhão profunda com quem fala a nossa linguagem. Que O Eterno tenha misericórdia de nós e nos ajude a respeitar, amar a Sua soberania e nos prostrarmos diante dela.



Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

Um comentário:

Anônimo disse...

intiresno muito, obrigado

Retornar para o topo da Página
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML