domingo, 26 de agosto de 2007

DEUS É BRAVO?





Quantos de nós sofremos pela imagem que nos passaram de um Deus agressivo, vingativo, punidor?
Desde criança, creio que a maioria de nós ouvia a famosa frase: Deus castiga! E como muitos de nós, em silêncio, odiávamos esse Deus e queríamos está bem longe dele!
Quantas vezes questionei na minha cabeça: Por que não posso escolher? Ou vivo para esse Deus ou sou do diabo. Quanta injustiça! Eu não tenho outra opção? Não quero um, nem outro. E me amargava sozinha, sem achar solução.
Como foi maravilhoso o dia em que encontrei Este Paizão cheio de amor e ternura, ainda que de pronto não O tenha reconhecido. Mas Ele me abraçou, me acolheu, me afagou e começou a reeducar minha cabeça cheia de religiosidade, de castigo, de punição para cada escorregadela. Começou a me fazer entender que um pai que ama realmente seu filho, o senta no colo e diz a ele que ele errou, mas pode acertar agora, e que errar é natural enquanto a gente não aprendeu bem as lições.
Ele me fez perceber o quanto Ele é paciente e como espera para ter compaixão de nós. E até mesmo quando a gente teima em errar e volta machucado, chorando, pela conseqüência do nosso pecado, Ele nos leva a confissão, ao arrependimento e ainda trata as nossas feridas com tanto amor que nos constrange.
Ainda me levou à compreensão de que, conhecendo como foi formado o caráter de cada filho dEle, Ele trata com cada um segundo sua formação.
Gasta o tempo necessário com cada um até que cheguemos à estatura de varão perfeito, sabendo que a vereda do justo é como a luz da aurora que vaaaaaaaaaaaaaaai brilhando mais e mais atéééééééééé ser dia perfeito.
Provérbios 4:18. Você ainda pensa que Este Paizão é bravo? Leia Lucas 15:11-32. É exatamente aquele o modelo de pai segundo o coração do Nosso Pai celestial. Guiomar Barba.



Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

Nenhum comentário:

Retornar para o topo da Página
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML