domingo, 26 de agosto de 2007

NINGUÉM PODE MEDIR NOSSA FÉ




“Todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma. Hebreus” 10:38.

Qual a força que nos conduz persistentemente neste caminho estreito e tão espinhoso se não a nossa fé em Cristo Jesus?
Quantas vezes por uma interpretação precipitada de um versículo isolado, julgamos nossos irmãos que estão vivendo algum tipo de adversidade. E quantas vezes, contrariando o amor de Jesus, esmagamos a cana quebrada e apagamos a torcida que fumega? Mateus 12:20.
Podemos ter fé suficiente para sermos curados e nos faltar fé quando não temos o dinheiro necessário para algum suprimento. Podemos ter fé na proteção de Deus ao enfrentarmos um perigo e não termos fé na direção de Deus para resolver nossos problemas. E em quantas ocasiões precisamos desesperadamente dizer: Ajuda-me na minha falta de fé! Marcos 9:24b.
É anticristão atribuirmos a nosso irmão a culpa pela sua adversidade, acusando-o de falta de fé, quando nós mesmos, em tantas circunstâncias, descobrimos que, apesar da nossa fé, estamos vivendo as aflições peculiares ao povo de Deus. Se quisermos ser misericordiosos como nos ensina nosso querido Mestre, devemos seguir o exemplo do nosso irmão Paulo:

“FORTALECENDO a alma dos discípulos, exortando-os a permanecer firmes na fé; e mostrando que, através de MUITAS TRIBULAÇOES, nos importa entrar no Reino de Deus”. Atos 14:22.

Levemos as cargas uns dos outros, considerando suas limitações em vez de pormos mais peso em cima de suas já grandes cargas.



Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

Nenhum comentário:

Retornar para o topo da Página
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML