sábado, 22 de setembro de 2007

CURA TAMBEM HOJE





Pedro, porém, lhe disse: Não possuo nem prata nem ouro, mas o que tenho, isso te dou: Em Nome de Jesus Cristo, O Nazareno, anda!
E, tomando-o pela mão direita, o levantou; imediatamente, os seus pés e tornozelos se firmaram; de um salto se pôs em pé, passou a andar e entrou com eles no templo, saltando e louvando a Deus. Atos 3:6,7,8.

Não deve ser muito agradável essa afirmação de Pedro: “Não tenho ouro nem prata” para os que pregam que crente tem que ter prosperidade econômica. E não seria agradável para Pedro saber como andamos distantes da cura, e que se prega mais o “ter” do que o “ser”. E que ele, como um simples pescador, não seria bem visto hoje no meio dos “cristãos prósperos”, mas correria o risco de ser idolatrado no meio dos necessitados de curas grandiosas.
Muita gente anda dizendo que não se impressiona com cura. Não seria devido à impotência espiritual? Não é melhor sermos honestos com nós mesmos, assumirmos a nossa falta de poder e lutar pela promessa de Jesus?

Estes sinais hão de acompanhar aqueles que crêem: Em Meu Nome, expelirão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados. Marcos 16: 17,18.

É bom lembrarmos que aqui não se trata de dom. É a promessa para todos quantos crêem. Imagine, você está diante de um enfermo que Jesus quer curar, mas Ele se sente impotente porque ali não tem ninguém com o dom de cura para que possa usar!! Não seria limitar o poder do Senhor pensar desta forma? Ele usa a quem quer e como quer.
Muitos outros dizem: Mas isso foi no passado, para que houvesse expansão do evangelho. Então, se você crê assim, clamemos para que seja no presente também, para que as pessoas saibam o que a palavra é em nós e através de nós, para não ficarmos só proclamando o que ela diz.

E eles, tendo partido, pregaram em toda parte, cooperando com eles O Senhor e CONFIRMANDO a palavra por meio de sinais, que se seguiam. Marcos 16:20.
Não seria melhor deixarmos nossas justificativas de lado e dobrarmos os joelhos arrependidos pela nossa negligência e clamarmos por uma vida de poder e autoridade? Afinal qual de nós rejeitaria uma cura? Guiomar Barba.



Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

3 comentários:

oyun disse...

thanks

Agnaldo Gomes disse...

Jesus é o mesmo ontem,hoje e para sempre!
Se curou no passado, cura hoje também.
Se a Igreja não tem conseguido cumprir esta promessa é o que a irmã definiu muito bem no fim da mensagem:
"... melhor deixarmos nossas justificativas de lado e dobrarmos os joelhos arrependidos pela nossa negligência e clamarmos por uma vida de poder e autoridade."

Elaine disse...

Paz do Senhor, irmã Guiomar.

Encontrei seu bloguinho através de uma pesquisa de imagem. E, confesso, estou abençoada saindo daqui mais do que quando entrei, há uns trinta minutos atrás.

Estive me deleitando com tanta mensagem linda e verdadeira que nosso Senhor te revelou e motivou a compartilhar conosco.

Que Ele continue te usando por este recurso também... Percebi que o seu último post foi há quatro meses, mas tenho certeza que você não nos abandonará.

Agora que encontrei mais esse manancial no meio de tanta areia nesse deserto virtual que é a Internet, vou sempre me refrescar por aqui.

Espero que, quando voltar, já estejam fluindo novas águas do trono de Deus pra nos saciar.

No amor do Senhor!

Paz de Cristo.

Retornar para o topo da Página
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML