quinta-feira, 27 de setembro de 2007

ESCÂNDALOS





Disse Jesus aos seus discípulos: É inevitável que venham escândalos, mas ai do homem pelo qual eles vêem!
Melhor fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma pedra de moinho, e fosse atirado no mar, do que fazer tropeçar a um destes pequeninos. Lucas 17:1,2.

Muitas pessoas hoje não querem nem sequer ouvir o evangelho porque o ligam imediatamente aos crentes que não andam conforme aquilo que pregam e trazem com isso conseqüências desastrosas para a propagação da palavra de Deus.
Se Jesus traz uma sentença tão severa para os que fizerem tropeçar uma criança ou um neófito que já recebeu uma semente do evangelho, qual o juízo que trará para aqueles que impedem com sua vida a propagação da fé? Que promovem, até mesmo dentro da igreja de Cristo, meios para atuação de espíritos imundos com sua maneira de se conduzirem?
No entanto, não estejamos desavisados, porque no dia do juízo final ninguém será inocentado por acusar fulano ou beltrano de afastá-lo do caminho por suas transgressões, como não foram inocentados Adão e Eva.
Porque sempre houve, e quanto mais se aproxima a volta de Jesus para buscar a Sua igreja, mais e maiores escândalos haverá. Muitos também apostatarão da fé. O próprio Jesus certamente gemeu ao dizer:
Contudo, quando vier O filho do homem , achará, porventura, fé na terra? Lucas 18:8b.
Sejamos vigilantes, não sabemos a que hora Jesus voltará.
Porque, ainda dentro de pouco tempo, aquele que vem virá e não tardará; todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma. Hebreus 10:38.
Com quanto que o evangelho será pregado em toda parte e antes disto não virá o fim. Mateus 24:14. Não depende, portanto, a nossa salvação do testemunho de outros, e sim de dar ouvidos a palavra: Inclinai os ouvidos e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá; porque convosco farei uma aliança perpétua, que consiste nas fiéis misericórdias prometidas a Davi. Isaias 55:3.
E que aliança Deus fez conosco? Deu o Seu único Filho por nós na cruz do calvário. Paulo lembrando a pregação de João Batista adverte:
João realizou batismo de arrependimento dizendo ao povo que cresse naquele que vinha depois dele, a saber, em JESUS.
Portanto não temos como nos desculpar diante de Deus. Os
escândalos são desastrosos, mas o sacrifício de Jesus foi maior que todos eles. E é Ele, JESUS, O único caminho pelo qual devemos seguir. Guiomar Barba.



Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

Nenhum comentário:

Retornar para o topo da Página
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML