segunda-feira, 10 de setembro de 2007

MEIA NOITE




Mas, a meia noite ouviu-se um grito: ‘Eis o Noivo! Saiam para encontrá-Lo’ Mateus 25:6.
Portanto, vigiai, porque não sabeis em que dia vem O vosso Senhor.
Mas considerai isto: Se o pai de família soubesse a que hora viria o ladrão, vigiaria e não deixaria que fosse arrombada a sua casa.
Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, a hora em que não cuidais, O filho do homem virá. Mateus 24:42 a 44.

Estávamos lendo em um boletim de uma igreja a pastoral, que revela a preocupação sadia e concreta do pastor sobre a igreja de Cristo com relação à última hora. Transcrevemos:

... neste tempo que não é um tempo de bonança.
Um olhar sobre a igreja, um olhar sobre o mundo a nossa volta à luz da Palavra revela um ambiente onde o príncipe deste mundo PARECE ter assumido pleno controle das almas e neutralizado a ação da igreja.
Sem dúvidas, nestes dias de busca desenfreada pelo prazer, pela sensação, não há uma resposta desejável dos corações à mensagem do evangelho. A própria igreja aparenta não reagir positivamente à Palavra, o esforço do púlpito não produz as transformações de atitudes nas pessoas.
Neste tempo ansiamos pelo mover do Espírito, que venha vivificar a igreja para a adoração, para o louvor e, sobretudo, para levar sede da Palavra e arrependimento aos corações. Só assim, com o renovar do poder sobre a igreja, é que vidas poderão ser conquistadas numa grande colheita na hora final.
Queremos como igreja contar os nossos dias crescendo, em sabedoria até ao tempo de sairmos do marasmo para recolhermos a rede cheia de grandes e preciosos peixes.

Reiterando a palavra pastoral gostaríamos de conclamar cada cristão, cada servo, para não olhar a igreja como se não fizesse parte dela, e se você caiu nesta insensatez, seja honesto com você mesmo, justo, pare e pondere, eu sou parte desta igreja enferma e negligente para com um Deus tão maravilhoso. Eu preciso sarar e ser diligente. A melhor crítica é a que começa por nós mesmos, veremos então quanto temos contribuído para que a Noiva de Cristo esteja precisando correr para comprar o azeite antes, mas muito antes mesmo da meia noite, a fim de não correr o risco das cinco virgens imprudentes. Guiomar Barba.



Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

Um comentário:

Idê disse...

O SEU BLOG ESTÁ MARAVILHOSO!
LHE AMO

Retornar para o topo da Página
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML