segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Sexo, uma benção de Deus


Muita gente crê que a fruta que Adão e Eva comeram no jardim corresponde ao ato sexual. A bíblia é muito clara quanto a este assunto: E O Senhor Deus lhe deu esta ordem: De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás. Gêneses 2:16,17.
Depois que Deus expulsou Adão e Eva do jardim por haverem desobedecido a Sua ordem, colocou querubins ao oriente do jardim do Éden e o refulgir de uma espada que se revolvia, para guardar o caminho da árvore da vida. Gêneses 3:24.
Este versículo não deixa nenhuma dúvida de que eles comeram realmente do fruto de uma árvore que Deus havia dito para não comerem.
Podemos observar também que ao criar o homem, Deus o criou conforme à Sua imagem, homem e mulher criou e os abençoou e disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a: Gêneses 1:27,28.
Como eles poderiam multiplicar sem fazer sexo? Bem, há os que dizem: O sexo existe só para procriação da espécie. Neste caso, Deus teria dito a Adão: Estupre sua mulher e tenha filhos. Esta seria a única maneira de usar o sexo apenas para proliferação da raça humana.
No entanto, encontramos na bíblia um Deus que formou o homem e providenciou para ele deleites os mais variados, a própria natureza revela isto nos oferecendo o mar com todo seu potencial, os bosques, os rios, cachoeiras, alimentos ricos não só em nutrientes, mas, agradabilíssimos ao paladar; e o mais notável, é que até mesmo quando satisfazendo certas necessidades fisiológicas como fazer cocô, xixi, tomando um banho quando estamos bem necessitados tudo isso nos traz um alívio prazeroso. Desta mesma forma Deus providenciou também o sexo para o deleite do homem:
Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias da tua vida fugaz, os quais Deus te deu debaixo do sol; porque esta é a tua porção nesta vida pelo trabalho com que te afadigaste debaixo do sol. Eclesiastes 9:9.
Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade, corça de amores e gazela graciosa.
Saciem-te os seus seios em todo o tempo, e embriaga-te sempre com suas carícias. Provérbios 5:19.
Que Deus seria este que formou o homem dispondo nele cada órgão com suas funções específicas, proporcionou-lhe sensibilidade, prazer dos sentidos e da sexualidade, e condenaria incoerentemente o orgasmo?
O pecado está na transgressão dos mandamentos do Senhor com relação a adultério, lascívia, prostituição, defraudação e toda classe de impureza.
Concluímos que o sexo é uma benção de Deus para o prazer, relaxe e mais unidade entre o casal. E o interessante é que há uma ordem expressa na bíblia: Não vos priveis um ao outro, salvo TALVEZ por mútuo consentimento, por algum tempo, para vos dedicardes à oração e, novamente, vos ajuntardes, para que satanás não vos tente por causa da incontinência. 1ª Coríntios 7:5.
Seria que nosso amado apóstolo Paulo, que era celibatário, estava nos incitando ao pecado?
Não vamos cair no machismo também de crer que o sexo é para o prazer do homem e que a mulher é apenas o objeto desse prazer. Observemos que Paulo diz: Não vos priveis UM ao OUTRO. E antes ele adverte: O marido conceda à esposa o que lhe é devido, e também, semelhantemente, a esposa, ao seu marido.A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim o marido; e também, semelhantemente o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim a mulher.
Fica completamente claro que não há respaldo nenhum para ninguém sair estuprando ninguém por ai e dizendo que o sexo é apenas para procriação.
Lembre-se: Embriagai-vos de amor.Se entregue as delícias do sexo em amor, relaxamento, em santificação, porque essa é a porção que Deus nos concedeu nesta terra de tantas dores. Não se deixe levar pela ignorância daqueles que não conhecem a palavra e têm a mente cheia de distorções, medos e desejos frustrados.
"É melhor casar do que viver abrasado." 1ª Coríntios 7:9.
David e Guiomar Barba. Somos Um.



Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

2 comentários:

Marcelo Negreiros disse...

O próprio reformador da igreja Martinho Lutero, à semelhança do apóstolo Paulo quando, foram abertos seus olhos, casou-se com Catarina de Bora, uma ex-freira, pois conseguiu enxergar que o casamento e tudo o que é ligado à ele é dom de Deus e portanto, bom.

Paulo Sempre disse...

Esse pecado no jardim de Eden...chega aos nossos dias com a "dor no parto". Não temos a vida fisica eterna por causa desse pecado...pena, né?.

Retornar para o topo da Página
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML