quinta-feira, 10 de abril de 2008

ALMA CANSADA




(Salmo 42 - supostamente cantado pelos coraítas)

Por que estás abatida, ó minha alma?
Por que te perturbas dentro de mim?
Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a Ele, meu auxílio e Deus meu. Salmo 42:5.

Davi era um homem de intensa comunhão com Deus. Tinha o coração cheio de gratidão e louvor, foi escolhido por Deus para ser rei de Israel no lugar de Saul, porque era um homem segundo o Seu coração. No entanto, aprouve também a Deus amoldá-lo através do seu crisol, de onde nenhum metal sai deixando seu fundidor enganado. Por isso, O Eterno podia dizer a respeito dele:
“Achei Davi, filho de Jessé, homem segundo o Meu coração, que fará toda a minha vontade.” Atos 13:22

Quando Davi escreveu este salmo parecia estar em uma tremenda escassez da presença de Deus. Ele começa o salmo dizendo: “Como suspira a corça pelas correntes das águas, assim, por Ti, ó Deus, suspira a minha alma. A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando irei e me verei perante a face de Deus?”

A agonia na sua alma era tão profunda que ele desejava partir para estar para sempre longe dos tormentos que lhe traziam lágrimas abundantes de dia e de noite, substituindo-lhe o alimento. O apetite perecera, já não havia voz de júbilo, sua harpa calara-se dentro do seu peito, as lembranças dos dias passados de danças, festas e alegrias se lhe faziam derramar a alma dentro de si mesmo, sufocando-o em uma dor ímpar.

Como se fora pouca a dor, os inimigos lhe perguntavam em tom de zombaria: “O teu Deus, onde está?” Como resposta às suas próprias dúvidas, ele se auto-consolava: “Por que estás abatida, ó minha alma? Espera em Deus, ainda vamos louvá-Lo”, para logo em seguida, em um conflito desesperante, reconhecer a verdade que queimava: Sinto abatida dentro de mim a minha alma.
E a esperança ele a tinha embaçada, com uma triste realidade diante dos seus olhos: um abismo chama outro abismo. Davi tinha a consciência de que estava ameaçado por outras desditas.
“Ao fragor das tuas catadupas; todas as tuas ondas e vagas passaram sobre mim. Um turbilhão provocando outro, além do estrondoso barulho semelhante aos das cataratas”.

É necessário conhecer o estrondoso barulho de uma catarata para compreender as vozes que volteavam a cabeça de Davi e ainda lhe fazia mergulhar nelas como se fossem ondas e vagas, tirando-lhe completamente o sossego.

“Mas o ourives estava atento e sabia até quantos graus se pode submeter o metal.”
“Contudo, O Senhor, durante o dia, me concede a Sua misericórdia, e à noite comigo está o Seu cântico.”
E ele sabia tirar proveito desta presença balsâmica, agarrava-se a ela confrontando-a em agonia: “Por que Te olvidastes de mim? Por que hei de andar eu lamentando sob a opressão dos meus inimigos? Esmigalham-se-me os ossos, quando os meus adversários me insultam dizendo e dizendo: O teu Deus onde está?”.

Não seria maior a dor de Davi perceber que seus inimigos duvidavam da fidelidade do seu melhor amigo? Talvez todos os seus infortúnios lhe pareciam coisa de somenos importância diante da insolência dos seus inimigos pondo em cheque a lealdade do Seu Deus, seu melhor Amigo.

Passar pelo cadinho de Deus era natural, todos os grandes homens de Deus foram forjados em fornalhas para proficiência na tarefa que lhes fosse designada, mas ver os inimigos duvidarem da honestidade de Deus era estilhaçar não só o coração, como até mesmo os ossos de Davi.

Pela convicção de que Deus trabalha em nós para a eternidade é que podemos dizer: Porque estás abatida, ó minha alma?
Por que te perturbas dentro de mim?
Espera em Deus, pois ainda o louvaremos, a Ele nosso auxílio e Deus nosso.
Se seremos famosos para Deus aqui, não é o mais importante.

“Aquele, pois, que violar um destes mandamentos, posto que dos menores, e assim ensinar aos homens, será considerado mínimo no reino dos céus, aquele, porém, que os observar e ensinar, esse será considerado grande no reino dos céus.” Mateus 5:19.

“Em verdade vos digo: entre os nascidos de mulher, ninguém apareceu maior do que João Batista; mas o menor no reino dos céus é maior do que ele.” Mateus 11: 11.

A questão não é o que você fez na terra, e sim: Você obedeceu? Vivenciou?
"Eis que o obedecer é melhor que o sacrificar." 1ª Samuel 15:22.
Por que estás abatida, ó minha alma? Pra. Guiomar Barba.






















Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

Nenhum comentário:

Retornar para o topo da Página
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML