sábado, 14 de junho de 2008

INFERNO

















Inferno é uma palavra chocante, porque representa uma eternidade que muitos preferem ignorar. Escolhem crer que o inferno é aqui, e que cada um recebe nessa vida o que merece. Quando possuem bens materiais ou uma vida tranqüila, chegam até a afirmar que é porque Deus viu que mereciam e quando vêem alguém sofrendo, conceituam: algo fez para merecer. Estas afirmações divergem da opinião de vários profetas do Senhor e de tantos quantos investigamos mais acuradamente na bíblia e nos apercebemos do processo de justiça de Deus sobre os homens. Exemplifiquemos:

Por que prospera o caminho dos perversos, e vivem em paz todos os que procedem perfidamente?
Plantaste-os, e eles deitaram raízes; crescem, dão fruto; têm-Te nos lábios, mas longe do coração. (Jeremias 12: 1b, 2.)

Ora, pois, nós reputamos por felizes os soberbos; também os que cometem impiedade prosperam; sim, eles tentam Ao Senhor e escapam. (Malaquias 3:15).

Eis que são este os ímpios; e, sempre tranqüilos, aumentam suas riquezas. (Salmo 73:12).

Como é, pois, que vivem os perversos, envelhecem e ainda se tornam mais poderosos?
Seus filhos se estabelecem na sua presença; e os seus descendentes, ante seus olhos.
As suas casas têm paz, sem temor, e a vara de Deus não os fustiga.
O seu toro gera e não falha, suas novilhas têm cria e não abortam.
Deixa correr suas crianças, como a um rebanho, e seus filhos saltam de alegria; cantam com tamboril e harpa e alegram-se ao som da flauta.
Passam eles os seus dias em prosperidade e em paz descem à sepultura. (Jó 21: 7-13).

E que diríamos de tantos traficantes, empresários, mercenários da fé, políticos, agiotas, fazendeiros que escravizam abominavelmente seus semelhantes, relegando-os a uma penúria de corpo, alma e espírito e como poderosos, quando são acusados e vão a juízo, compram sentenças ao seu favor culpando o inocente e condenando-o a seu bel prazer? E de tantos outros homens perversos, que praticam as mais torpes indignidades, movidos por uma avareza sem fronteiras e vivem regaladamente nas suas mansões, em férias das mais sofisticadas, banqueteando-se com as melhores iguarias?

Será que Tim Lopes mereceu a morte que teve? Que as idosas que têm sido vítimas da malignidade de empregadas inescrupulosas estão pagando por algum pecado cometido? Que crianças assassinadas barbaramente a exemplo de Isabela colheram o resultado do seu pecado? Que o holocausto também foi sentença divina? Que todas as pessoas sacrificadas no plano diabólico das Torres Gêmeas estavam pagando por suas culpas? Que não há irresponsáveis no trânsito, mas sim as vítimas das suas transgressões? Que todos os mortos nas guerras de Bush e de tantos outros chefes de estados mereciam o triste fim que tiveram ou a desgraça de sobreviverem sozinhos e mutilados no mundo?


Seria interminável nossa lista se fôssemos enumerar injustiças sociais, crimes cometidos diariamente contra verdadeiros inocentes. O sábio Salomão sentencia: “Visto como não se executa logo a sentença sobre a má obra, o coração dos filhos dos homens está inteiramente disposto a praticar o mal.” (Eclesiastes 8:11).

Não podemos negar que o mal ou o bem sucede a todos, Deus faz chover sobre bons e maus, ninguém pode atribuir a si méritos que atraem as bênçãos do Altíssimo. Entendemos que existem pecados que trazem suas conseqüências desastrosas aos transgressores, mas a graça e a misericórdia do nosso Deus não nos tratam segundo os nossos pecados nem nos retribuem consoante as nossas iniqüidades. “Pois quanto o céu se alteia acima da terra, assim é grande a Sua misericórdia para com os que o temem. Quanto dista o Oriente do Ocidente, assim afasta de nós as nossas transgressões.
Apercebamos-nos, no entanto: Como um pai se compadece de seus filhos, assim O Senhor se COMPADECE DOS QUE O TEMEM. Pois Ele conhece a nossa estrutura e sabe que somos pó.” (Salmo 103:10-14).


“Ainda há outra vaidade sobre a terra; justos a quem sucede segundo as obras dos perversos, e perversos a quem sucede segundo as obras dos justos.” Digo que isto também é vaidade. (Eclesiastes 8:14).

Deus tem sido longânimo para com todos os homens. Jesus deixa claro em Mateus 25:41 que o inferno foi preparado para o diabo e seus anjos, entretanto, para os que se julgam “dignos, inculpáveis” Ele afirma: Ao passo que os filhos do reino serão lançados para fora, nas trevas; ali haverá choro e ranger de dentes. (Mateus 8:12).

Mas fora ficarão os pervertidos, os que praticam a bruxaria, os que cometem imoralidade sexual, os assassinos, os que adoram ídolos, e todos o que amam e praticam o engano. (Apocalipse, 22:15). (Bíblia católica Deus fala hoje - EIR, versão em espanhol).

E se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo. (Apocalipse 20:15).

O inferno é uma realidade bíblica como o é o céu. Por mais utópico que nos pareçam, seria mais sábio estudarmos o assunto, tendo em vista a eternidade da nossa alma e a certeza de que não existe outra forma de resgate para nós pecadores fora do Sangue de Jesus, e que é enquanto temos vida que podemos invocar O Senhor.

..., se manifestou uma vez por todas, para aniquilar, pelo sacrifício de Si mesmo, o pecado.
E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo, assim também Cristo, tendo-Se oferecido uma vez para sempre para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o aguardam para a salvação. (Hebreus 9:26-28).

A salvação não é por obras para que ninguém se glorie, mas, pela morte sacrificial de Jesus. Preparemo-nos para a eternidade. 

Por Guiomar Barba.



Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

Um comentário:

Márcio Melânia disse...

Pastora Guiomar,

Eu ainda não entendi o que a irmã está desejando...
Você disse que perdeu meu blog?
Onde você quer colocá-lo?
Me explique com mais detalhes por favor, para eu lhe responder com certeza.
Obrigado.

Retornar para o topo da Página
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML