segunda-feira, 16 de junho de 2008

PECADO, PECADINHO E PECADÃO



Se alguém vir a seu irmão cometer pecado não para a morte, pedirá, e Deus lhe dará vida, aos que não pecam para a morte. Há pecado para a morte, e por esse não digo que rogue. 1ª João 5:16.

Sempre ouvi que não havia tamanho de pecado e sim qualidade. Não entendo bem o que querem dizer com este jogo de palavras, mas me esforço para dar sentido a esta afirmação.

Jesus asseverou que tudo será perdoado aos filhos dos homens, os pecados que cometerem e as blasfêmias que proferirem.
“Mas aquele que blasfemar contra O Espírito Santo não tem perdão para sempre, visto que é réu de pecado eterno.” Marcos 3:28,29.

Esta afirmação de Jesus não anula outros pecados para morte, visto que esse pecado a que Jesus se refere no caso de blasfêmia difere dos pecados que geram a morte física, e não espiritual. A morte viria como disciplina. Pode parecer grotesca esta colocação. Exemplifiquemos, então, com a sentença de Deus para o nosso grande profeta Moisés, não esquecendo que foi o único homem que viu Deus pelas costas e com quem Deus falava cara a cara. Números 12:5-7.

E morrerás no monte, ao qual terás subido, e te recolherás ao teu povo, como Arão, teu irmão, morreu no monte Hor e se recolheu ao seu povo.
Porquanto prevaricastes contra Mim no meio dos filhos de Israel, nas águas de Meribá de Cades, no deserto de Zim, pois Me não santificastes no meio dos filhos de Israel. Deuteronômio 32:50, 51.

Lembremo-nos também que, mesmo na Nova Aliança, a justiça efetiva de Deus se manifestou contra pessoas que cometeram certos pecados que não podemos confundi-los com blasfêmia. No caso de Ananias e Safira, eles caíram mortos depois que o apóstolo Pedro os confrontou trazendo à tona a mentira Ao Espírito Santo, com a qual entre si acordaram para reterem parte do valor da venda que fizeram e que deveria ser ofertada espontaneamente. (Atos 5).

Tratando com o pecado de uma imoralidade tamanha como possuir a mãe do próprio pai, Paulo ordenou à igreja que, em Nome de Jesus, aquele que praticou grandiosa infâmia fosse entregue a satanás para destruição da carne, a fim de que o espírito fosse salvo no dia do Senhor Jesus. (1ª Coríntios 5:1-5).

Instruindo quanto à participação na Santa Ceia, Paulo adverte claramente:
Pois quem come e bebe sem discernir o corpo, come e bebe juízo para si.
Eis a razão porque há entre vós muitos fracos e doentes e não poucos que dormem. (1ª Coríntios 11:29,30).

Deus meu, quantos irmãos nossos negligenciam o auto-julgamento antes de participarem desse ato tão significativo e santo, sendo, portanto, julgados e, em conseqüência, disciplinados pela misericordiosa bondade de Deus para não serem condenados com o mundo! (1ª Coríntios 11:31,32).

Chegamos à conclusão lógica que os pecados são classificados e julgados por Deus de acordo com o conhecimento que temos da palavra, conforme a disposição do nosso coração ao cometermos a transgressão. E que há pecados pelos quais não devemos nem sequer orar, e outros ferem o coração de Deus de tal maneira que Ele determina tirar a própria vida das pessoas que os comete, conforme já citamos exemplos.
A uns Ele convida ao arrependimento, por mais evidente que seja o seu pecado:
Vinde, pois, e arrazoemos, diz O Senhor; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã. (Isaias 1:18).
A outros Ele promete castigo severo, e ainda castigo mais brando a outros:
Aquele servo, porém, que conheceu a vontade de seu senhor e não se aprontou, nem fez segundo a sua vontade será punido com muitos açoites.
Aquele, porém, que não soube a vontade do seu senhor e fez coisas dignas de reprovação levará poucos açoites. Mas àquele a que muito foi dado, muito lhe será exigido; e àquele a quem muito se confia, muito mais lhe pedirão. Lucas 12: 47,48.

Quando algumas pessoas vieram a Jesus referindo-se aos galileus cujo sangue Pilatos misturara com os sacrifícios que os mesmos realizavam, imediatamente Jesus deixou claro: Pensais que esses galileus eram mais pecadores do que todos os outros galileus, por terem padecido estas coisas?
“Não eram, Eu vo-lo afirmo; se, porém não vos arrependerdes, todos igualmente perecereis.”
Ou cuidais que aqueles dezoito sobre os quais desabou a torre de Siloé e os matou eram mais culpados que todos os outros habitantes de Jerusalém?
“Não eram, Eu vo-lo afirmo; mas, se não vos arrependerdes, todos igualmente perecereis.” Lucas 13:1-5.

Pecado, pecadinho ou pecadão, se não vos arrependerdes, igualmente perecereis. Não podemos negar, no entanto, que existem pecados grosseiros, e que Deus trata com cada um de nós de acordo com as nossas culpas. Mas louvamos a Deus porque onde abundou o pecado Ele fez superabundar a graça. Pra. Guiomar Barba
.



Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

4 comentários:

Paulo Sempre disse...

«E quando vocês orarem, não sejam como os hipócritas. Eles gostam de ficar orando em pé nas sinagogas e nas esquinas, a fim de serem vistos pelos outros (...)»

Há muita gente que não sabe que Jesus também nos ensinou que a prática do cristianismo pode ser feita sem intermediários, em linha directa com o «PAI».
(Mateus 6:5-14)

Nos tempos actuais tende a aumentar esta comunicação directa com as "divindades". O homem...acaba por desejar encontrar a "felicidade" na solidão do seu quarto...
Não sei até que ponto esta comunicação directa não é uma forma isenta e coerente de proximidade com os mistérios da religião....
É, também, uma maneira do homem não ficar prisioneiro dos falsos profetas e charlatães.
Um dos pecados maiores é utilizar o nome de Deus para benefícios próprios: condição económica privilegiada, estatuto social, etc...
Beijo
Paulo

Paulo Sempre disse...

Quando fracassamos
Fracassamos...
Quando visualizamos a derrota antes da batalha.
Quando abandonamos a luta com medo da discórdia.
Quando ouvimos o Não antes da pergunta. Quando silenciamos com medo da resposta.
Fracassamos...
Quando o dia amanhece na hora em que deitamos.
Quando o sono vem e não nos entregamos.
Quando o medo de sonhar se transforma em pesadelo.
«Quando a vida se dilui na busca que fazemos.
Fracassamos...
Quando a chave da verdade abre as portas da mentira. Quando lamentamos na chegada a hora da partida.
Quando o Amor vai a leilão no martelo da cobiça.
Mas fracassamos, ainda mais...
Quando choramos a morte diante da vida». (Maria Teresinha Debatin)

Pois é....!!!
Paulo

Seminário disse...

Muito interesante seu post,que Deus possa continuar lhe abençoando.Parabéns!!!!
Seminario Internacional Teologico de São Paulo

Uziel disse...

Todos pecados são iguais? Bom, esse é um ensinamentos das igrejas e não tem nem uma base Bíblica, pelo contrário a Bíblia contradiz esse ensinamento, desde do velho até o novo testamento, e para você que crer dessa forma deixo uma pergunta: Porque Deus destruiu Sodoma e Gomorra; é lógico! porque o pecado delas era maior do que das outras cidades. A Bíblia afirma e as próprias igrejas ensinam que todos somos pecadores e cometemos pecados, se todos pecados são iguais qual a diferença entre nós e os roubadores, homicidas, prostitutos e “mentirosos”? Certamente nenhuma, e teríamos o mesmo fim que eles iram ter segundo a Bíblia. Todo pecado desagrada a Deus? SIM! Mas alguns são classificados como abominação aos seus olhos, tem até pecado imperdurável, segundo a Bíblia.

Sendo assim sabemos que todo pecado desagrada a Deus, mas nem um pecado é igual, cada um tem sua própria condenação, por isso Jesus falou cada um sera julgado segundo a suas obras.

João Cap. 19:

11 Respondeu-lhe Jesus: Nenhuma autoridade terias sobre mim, se de cima não te fora dado; por isso aquele que me entregou a ti, maior pecado tem.

A qui Jesus afirma que Judas tem uma maior parcela de culpa do que o próprio Pilatos que o condenaria a morte.

Eu fico muito triste com tudo isso, fico indignado quando vejo tanta gente sendo enganado com os ensinamentos errados sem bases nas Escrituras, simplesmente seguindo as regras da sua igreja, em muitos casos os líderes lendo as Escrituras até entende de um forma diferente mas para não perder seu cargo na Igreja, prefere continuar mentindo seguindo a tradição da Igreja invés de seguir a Deus e torna-se sego e todos que seguem a eles caíram no mesmo buraco.

Retornar para o topo da Página
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML