terça-feira, 29 de julho de 2008

AS FACES SECRETAS DO CRIME...

Extraído do blog "Filhos de Um Deus Menor", de Paulo Correia Sempre, nosso amigo português, que não se omite diante das injustiças sociais, mas incansávelmente as tem denunciado. Injustiças que fazem coro com os mesmos desmandos políticos do nosso Brasil .



Hoje, sociocriminogénesis, juristas, penalistas, jornalista, politicos, policias e o povo em geral, confessam-se, quanto a certos crimes, impotentes para explicar as "faces secretas do crime". Se é suposto que todos procuram a verdade material dos factos, não é menos suposto que alguns procuram criar os mais criativos e bizarros labirintos com o fim único de dificultar tal procura. Se a sociedade pretende redimir-se e encarar a diminuição da eficácia e eficiência dos que, a todo o custo, - e por variadíssimas razões - procuram dificultar a descoberta da verdade, terá que repensar os conceito de investigação criminal e segredo de justiça. As "faces secretas do crime" estão "ancoradas" nos objectivos ilícitos de certos poderes. Poderes onde a pessoa humana - a vida humana -não é um bem jurídico relevante mas, ao invés, os interesses pessoais e outros, têm, ai, os lugares cimeiros na "agenda" das prioridades. Em certos crimes, sempre que se perfilam testemunhos ou investigação credíveis, surgem pantominas de coisas sérias, fazem-se julgamentos na praça pública, escondem-se traumas terríveis. Surgem perseguições, demissões, nomeações, alterações legislativas. Espalha-se a dúvida e o medo. Neste contexto são poucos os que se atrevem a atirar um "pedregulho" para o charco da ingratidão e a contar a verdade nua e crua de toda a vivência em meios hostis e extremamente marcantes que caracterizam as "faces secretas do crime". Os "poderes ocultos" com "sorrisos de anjo", podem até mascarar a verdadeira realidade, uma realidade pejada de bodes expiatórios e vitimas sem fim...mas, também, uma realidade que alberga a verdade material. É neste paradoxo que se multiplicam as pressões, as demoras, as prescrições, os arquivamentos de processos crime e a lentidão aflitiva do passar do tempo. Surgem, por vezes, certos "messias" que dizem trazer consigo, num texto redigido à pressa, a "verdade material" quanto a certos crimes que os midea divulgam até à exaustão. Por vezes, até, não se sabe se tais "messias" estão "apaixonados" pela "luz" dos midea ou se, realmente, interessados em anunciar a "boa -nova" (verdade material). Entretanto, o "enredo" enganador da verdade, nua e crua, e uma "boa-nova" - tipo (3º segredo de Fátima - vão permitindo que o tempo deixe construir a ilibação dos verdadeiros culpados. Afinal Deus e o Diabo não são concorrentes, diga-se o que se disser; as suas clientelas é que diferem. Tal como o distinto advogado não aceita defender a causa do plebeu, tal como o médico de nomeada não se interessa pelos clientes pobres, tal como o magnifico reitor não se interessa pelos alunos dos bairros degradados, nem o ilustre pensador pelas qualidades instintivas dos que têm uma visão equilibrada do quotidiano, assim os "deuses da justiça" desconsideram, ou não, a verdade material, em função do estatuto dos que têm interesse nos processos ou em beneficio pessoal, dai resultante, para o "céus" onde se movem.




Nota: o conteúdo deste texto (postagem) pode ser susceptível de causar incómodos a algumas pessoas. Assim, importa referir o seguinte: qualquer semelhança desta postagem com a realidade, é pura coincidência. Paulo Sempre.




(Pura coincidência? Desta matéria, todos nós sabemos que é, e infelizmente posso gritar: uma verdade cristalina, real em Portugal, no Brasil e no mundo que se deteriora dia-a-dia). Guiomar



Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

Nenhum comentário:

Retornar para o topo da Página
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML