quinta-feira, 7 de maio de 2009

CASAVA COM ELE DE NOVO

“Ele muda os tempos e as idades, remove reis e estabelece reis; Ele dá sabedoria aos sábios e entendimento aos inteligentes.” (Daniel 2.21 – versão em espanhol).
Dia dois de abril de mil novecentos e oitenta e oito, na casa de Roberto, casado com Ruldin, irmã do meu marido, trocamos alianças em um casamento civil testemunhado por vários parentes e alguns poucos amigos, numa cerimônia simples e descontraída.
Relutei muito para casar com David, embora Deus tivesse me falado claramente que ele me faria feliz se eu contraísse núpcias com ele. Eu já o conhecia suficientemente para saber que, em confirmação a palavra do Senhor, ele era uma pessoa que me amava de verdade, era amigo, companheiro, e percebia também que ele sabia respeitar o meu tempo. Além de pensar equivocadamente que eu não o amava, preconceituosamente, eu não queria casar com um homem doze anos mais novo do que eu. Pensando que eu, com a contribuição da cor clara, envelheceria primeiro e que as minhas rugas apareceriam mais cedo que as dele, se ele viesse a ter, uma vez que sua cor é de um moreno acentuado, o que privilegia nas projeções da velhice; consequentemente, minha aparência física poderia influenciar negativamente no nosso relacionamento.
Graças a Deus o amor do meu maridão está muito acima dos valores fúteis da nossa sociedade corrompida, que exalta esteriótipos em detrimento de um caráter, por mais belo que seja.
Muitas pessoas dizem não ter preconceito contra tamanhos, idades, classes sociais, etc. No entanto, sabemos que mesmo nos meios sociais onde as pessoas dizem ter a cabeça mais aberta, conceitos mais amplos, tais uniões ainda são tidas como discrepantes e sempre ocupam destaques picantes nas colunas sociais, etc.
No entanto, lá entrava eu, no dia sete de maio, toda vestida de branco, na igreja Batista Dois de Julho, na cidade de Salvador, derramando felicidades por todos os poros, cercada de amigos e parentes, para dizer a David e ouvir dele o SIM no altar do Senhor. Temos o imenso prazer de afirmar que estes vinte e um anos de casados têm confirmado que Deus jamais erra quando buscamos a Ele e dEle a direção sábia para as nossas vidas.
Lutei com Deus em jejum e oração por uma convicção de qual seria o homem que eu deveria unir a minha vida para compartilharmos juntos das alegrias e tristezas que nos proporcionariam a vida. Por seu lado também, meu maridão logo após se enamorar de mim, antes que eu soubesse, pediu a Deus uma confirmação de que eu seria a sua namorada; claro que ele já estava pensando em um relacionamento sério, já que estava me amando e já havia ponderado todos os “prós e contras” segundo os ditames da nossa sociedade, chegando a segura conclusão de que o seu amor me elegera irrevogavelmente. Esta é a razão pela qual durante vinte e um anos, após havermos passado tantas angústias, tantas aflições, tantas dores, quando em casos semelhantes tantos casais se separam cheios de amarguras, ódio, o nosso amor vem se fortalecendo, crescendo, amadurecendo e comprovando a cada dia que fizemos uma aliança sob a direção onisciente do Paizão.
Meu marido me disse e eu repeti fazendo coro com ele que se fossemos escolher alguém para casarmos hoje, elegeríamos novamente um ao outro com toda convicção, e teríamos coroando o nosso enlace os preciosos filhos Renato, dezenove anos e Daniel, quinze, que só têm nos trazido alegrias e muita amizade durante os anos que existem.
A Deus toda a glória e toda honra. Gostaria que todos os jovens decidissem por buscar de Deus a direção certa para este passo tão sério e que deve ser “até que a morte os separe” na vida do casal. Assim não haveria tantos descasados, tantos filhos sofrendo profundamente, privados, quase sempre, da convivência constante do pai.
“O melhor para nós será sempre a direção sábia de Deus para as nossas vidas
!”



Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

Um comentário:

Julliany Oliveira disse...

Amiga..tão cedo, mas tão inspirada!!
Que benção!!
Fico muito Feliz por esses 21 anos...
Nos conhecemos a pouco mais de um ano...mas sei agradecer a Deus por tê-los colocado em minha vida!!
Creio que o mesmo Deus que vem te abençoando ao longo desses anos, me abençoará também...
Desejo-te muitos e muitos anos pela frente numa mesma ou maior harmonia e FELICIDADE com DEUS e com sua FAMILIA...
Te amo!!
"O quão bom e quão maravilhoso é que os irmão vivam em união"..é isso que desejo para nós todos!!
Deus abençeo sua vida!!
bj♥
By Jú

Retornar para o topo da Página
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML