sábado, 30 de maio de 2009

OBSTINADA OBEDIÊNCIA

A humildade e a coragem de Maria em submeter-se ao nascimento virginal de Jesus, mesmo em detrimento de sua identidade moral e possível rompimento com José seu marido, com quem ainda não havia acasalado; a destemida Raabe, que em troca da sua vida e dos seus familiares, escondeu os espias de Israel; a valente Jael, que num ímpeto de coragem matou o rei Sísera com uma estaca, porque cria na vitória de Israel; a disposta Ester, que penetrou na sala do rei para reivindicar a vida do seu povo quando estava prestes a ser destruído pelo mau Hamã; a generosidade da profetiza Ana, que sem deixar o templo entregou toda sua vida em adoração com jejuns e orações ao Senhor; a submissão sem questionamentos de Abraão ao obedecer a ordem do Senhor para oferecer em holocausto seu único filho, Isaque; a teimosia de Sadraque, Mesaque e Abede-Nego em escolher serem torrados pelo fogo a se prostrarem diante de um deus fabricado por Nabucodonosor; a firmeza de Daniel enfrentando a fúria dos seus inimigos, consciente da trágica conseqüência que culminaria em ser jogado na cova dos leões; a ousadia de Davi enfrentando um gigante perito em guerra e derrotando-o; o compromisso de João Batista com a verdade, denunciando ao rei Herodes o seu pecado, provocando a ira insana da adúltera Herodias, que exigiu sua cabeça em um prato; a intrepidez de Pedro e dos apóstolos ao contrariarem as ordens do sumo sacerdote e do Sinédrio dizendo-lhes: “Antes, importa obedecer a Deus do que aos homens”, logo após terem saído milagrosamente da prisão; o profundo amor de Estevão, que não temendo o ódio dos seus algozes, proclamou as verdades de Cristo, morrendo apedrejado; o apóstolo Paulo, que incendiado pela chama do evangelho que queimava o seu coração, enfrentou açoites, prisões, apedrejamento, salteadores, nudez, fome, mas combateu o bom combate, terminando a carreira e guardando a fé; a grandiosa audácia de Josué ao ordenar ao sol que se detivesse em Gibeão e a lua no vale de Aijalom. Todo este número de atitudes testificam que é possível total obediência, absoluta submissão e completa confiança dos que se obstinam em servir ao Senhor com integridade. Embora existam muitos incrédulos que preferem zombar da veracidade destes fatos, negando também o dilúvio, que não só é relatado no livro de Gêneses, mas evocado pelo próprio Jesus: “Pois assim como foi nos dias de Noé, também será a vinda do Filho do Homem...” (Mateus 24.37-39). E pelo apóstolo Pedro que também exorta: ... “E não poupou o mundo antigo, mas preservou Noé, pregador da justiça, e mais sete pessoas quando fez vir o dilúvio sobre o mundo dos ímpios;” (2 Pedro 2.5). Nós que cremos e temos vivido experiências singulares com o Senhor, não esqueçamos que o nosso Deus não mudou, Ele é o mesmo ontem, hoje e será eternamente. Disponhamo-nos a buscar uma vida de santidade para que possamos proclamar a palavra com ousadia e vivermos a confirmação da palavra com sinais e prodígios como nos diz os apóstolos, que viviam esta benção, no livro de Atos.



Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

Nenhum comentário:

Retornar para o topo da Página
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML