domingo, 7 de novembro de 2010

CELEBRANDO AS CONQUISTAS FEMININAS

É bom rever a história, assim celebraremos não somente a democracia no Brasil, mas também a nossa história como mulheres livres do domínio machista, da barriga ralando no fogão, no tanque, da égua procriadora subserviendo ao macho, ou seja, da “Amélia”, que só ganha poesia nos versos do grande Mario Lago.

Segundo reza a história foi em Mossoró, Rio Grande do Norte (Nordeste) em 1928, o governador Juvenal Lamartine ousou autorizar o voto da mulher em eleições, apesar de que não constava na Constituição Federal, tal proibição, no Brasil a mulher não gozava deste direito. No entanto, a primeira eleitora no país foi a potiguar Celina Guimarães Viana que invocou o artigo 17 da lei eleitoral do Rio Grande do Norte de 1926. No Rio Grande do Norte, poderão votar e ser votados, sem distinção de sexos, todos os cidadãos que reunirem as condições exigidas por lei”. Em 25 de novembro de 1927 ela deu entrada numa petição requerendo sua inclusão no rol de eleitores do município. O juiz Israel Ferreira Nunes deu parecer favorável e enviou telegrama ao presidente do Senado Federal, pedindo em nome da mulher brasileira, a aprovação do projeto que instituía o voto feminino, amparando seus direitos políticos reconhecidos na Constituição Federal”.

Cumpre citar igualmente o pioneirismo da estudante de direito mineira, Mietta Santiago (pseudônimo de Maria Ernestina Carneiro Santiago de Souza). Mineira educada na Europa, com 20 anos retornou do velho mundo e descobriu, em 1928, que o veto ao voto das mulheres contrariava o artigo 70 da Constituição Brasileira de 24 de fevereiro 1891, então em vigor. Com garantia de sentença judicial (fato inédito no país), proferida em Mandado de Segurança, conquistou o direito de votar. O que de fato fez, votando em si mesma para uma vaga de deputada federal. Acreditem, Mietta não foi eleita. Escritora, advogada e oradora competente, frequentava com desenvoltura o círculo de políticos, como também as rodas boêmias dos escritores mineiros, tais como Pedro Nava, Drummond, Abgar Renault e outros. Carlos Drummond de Andrade, impressionado com a conquista do voto feminino, dedicou a Mietta o poema "Mulher Eleitora":

Mietta Santiago loura poeta bacharel Conquista, por sentença de Juiz, direito de votar e ser votada para vereador, deputado, senador, e até Presidente da República, Mulher votando? Mulher, quem sabe, Chefe da Nação? O escândalo abafa a Mantiqueira, faz tremerem os trilhos da Central e acende no Bairro dos Funcionários, melhor: na cidade inteira funcionária, a suspeita de que Minas endoidece, já endoideceu: o mundo acaba

Carlos Drummond de Andrade

(Extraído da Wikipédia)

Portanto, a Dilma Rousseff tem o privilégio de, encontrando tombados os seculares carvalhos do preconceito machista, galgar o mais alto cargo da República, com o argumento de que, apesar de haver sido esta a sua primeira disputa por um cargo público e de tamanha magnitude, foi brilhantemente vitoriosa.

Não podemos atribuir ao presidente Lula a façanha da vitória, ele teve seu elevado peso, no entanto, não podemos subestimar a capacidade, inteligência e cultura da Dilma. Pessoas que a conheceram há muito fazem apologia a sua capacidade de organização e garra para conquistas.

A Dilma, sem dúvidas, foi alvo das mais cruéis calúnias, tanto através de internautas irresponsáveis, como do seu adversário; também de líderes religiosos inconseqüentes, e através de veículos midiáticos com interesses escusos. No entanto, com garra e destemor, ela ergueu a cabeça e continuou seu percurso nacional em busca de votos que garantissem sua escalada à rampa do Palácio do Planalto. Com a meta de fazer o Brasil continuar crescendo de cabeça erguida, sem intimidar-se diante das maiores potências mundiais.

Rogo a você meu querido leitor que não perca a oportunidade de ouvir novamente, se já o fez, a entrevista feita por William Bonner e Fátima Bernardes com a então candidata Dilma Rousseff no Jornal Nacional datado de .... e a entrevista agora, ela sendo Presidente. Tire suas conclusões...

Entrevista com Dilma em 09/08/2010, ainda candidata à Presidência.

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1315694-7823-DILMA+ROUSSEFF+E+ENTREVISTADA+NO+JORNAL+NACIONAL,00.html

Entrevista com Dilma, em 01/11/2010, um dia depois de eleita Presidente da República Federativa do Brasil.

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1367091-7823-JORNAL+NACIONAL+ENTREVISTA+A+PRESIDENTE+ELEITA+DILMA+ROUSSEFF,00.html

“Se, portanto, entrar na vossa sinagoga algum homem com anéis de ouro nos dedos, em trajos de luxo, e entrar também algum pobre andrajoso, e tratardes com deferência o que tem os trajos de luxo e lhe disserdes: Tu, assenta-te aqui em lugar de honra; e disserdes ao pobre: Tu, fica ali em pé ou assenta-te aqui abaixo do estrado dos meus pés, não fizestes distinção entre vós mesmos e não vos tornastes juízes tomados de perversos pensamentos?” (Tiago 2.2-4).

Dilma, a apenas candidata indesejada, andrajosa, e agora a Dilma com os trajos luxuosos da Presidência... Por pouco não a tomaram nos braços para não deixá-la fazer o esforço de sentar-se sozinha.

Parabéns Dilma pela humildade e decência de não retribuir com a mesma moeda.

Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens;

Pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade;

Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador,




Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

Um comentário:

Márcio Andrade disse...

Caros blogueiros:

Não sei por que me enviam e-mails pedindo-me para ler este blog: sou católico (nada ecumênico e nem um pouco simpatizante do protestantismo, tanto quanto os protestantes são avessos à Igreja Católica), conservador (os "avanços" estão produzindo uma sociedade mental e fisicamente doente)e anticomunista (sim, o feminismo e o nivelamento igualitarista são subprodutos comunistas, não sabiam?). O máximo que o feminismo conseguiu foi lares desfeitos pela arrogância das mulheres (a Bíblia não autoriza o feminismo - a dignidade de homens e mulheres deve ser respeitada mas não há uma confusão de papéis, nem dupla autoridade no lar), maior oferta de mão-de-obra (e barateamento da mesma, com a consequente queda do poder aquisitivo por parte dos homens, o que obriga as mulheres a terem de trabalhar fora de casa, um "privilégio" necessário à sobrevivência) e desautorização dos pais e maridos (produzindo uma geração de filhos rebeldes - os tiranos domésticos modernos - e, em última instância, infratores da lei e das normas mais elementares de boa convivência social). O máximo que o comunismo consegue é empobrecer econômica e espiritualmente as pessoas, nivelando-as por baixo também moral e socialmente. O máximo que o protestantismo consegue é o afastamento da caridade, mandamento divino, fazendo as pessoas acreditarem que se salvarão só pela fé (a fé é importante mas precisa ser demonstrada exteriormente pela caridade, isto é, cumprindo os mandamentos de Deus - algo teimosamente negado por qualquer doutrina protestante, apesar de todas as evidências bíblicas, que os protestantes dizem seguir: "por que não fazem o que lhes digo?" ; "nem todo aquele que diz 'Senhor, Senhor' será salvo" - não dizia Jesus?). Peço-lhes delicadamente para que não me enviem mais comunicações, e que este seja nosso último contato.

Retornar para o topo da Página
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML