sábado, 18 de maio de 2013

GUIADOS POR DEUS

Enseada dos Corais

         
Por alguns anos, quando eu estava em oração, Deus me falava: “praias e praias...”. Nunca entendia perfeitamente o que Ele queria me comunicar, mas todas as vezes que meu marido que trabalhava em construtora era demitido, processo natural dessas empresas, nós íamos caminhar na praia pela manhã. Passei a entender que era um aviso de demissão. Quando ele voltou da África pela última vez após contrair cinco malárias, meu desejo era que ele não voltasse mais para a África, embora soubesse que não tínhamos escolhas: para onde a empresa mandasse ele teria que ir, uma vez que dependemos deste sustento, mas oramos e entregamos nas mãos de Deus a direção das nossas vidas. 

Parecia estar certa a volta do meu marido para Angola. Ele estava animado, tanto pelo emprego, como porque lá, nunca havia contraído malária. Entretanto, sem que soubéssemos o motivo, "esqueceram-se dele". 
Os dias se passavam, o tédio de estar desocupado, a conta bancária baixando dia a dia, tudo era um terrível estresse para o meu marido, no entanto, Deus me dizia: “canta, canta!” e me falava de alegrias. Não era fácil comunicar isto para David uma vez que ele sentia o peso da situação, como supridor responsável que sempre foi.

Após havermos orado intensamente, ele decidiu vir a Pernambuco, onde temos um terreno com uma pequena construção. Ele dirigiu com o coração carregado de angústia, mas ao chegar na construção, o coração dele se alegrou grandemente. Ele tomou uma coragem inusitada e decidiu trabalhar no que já havia começado: rebocou paredes, passou cal, construiu uma boa varanda, uma área de serviço grande e melhorou o que lhe foi possível, apesar de apenas dispor de mão de obra bem aquém do que ele necessitava.

Chegou meu momento. Ele me ligou e perguntou se eu estava disposta a vir para a cidade de Cabo de Santo Agostinho em Pernambuco, mesmo em qualquer situação. Eu respondi que sim. Meu coração se encheu de gozo, era uma alegria plena, uma certeza absoluta de que Deus estava nos direcionando.

Assim, tratamos de conseguir um apartamento para o nosso filho mais novo, que está se preparando em um bom cursinho em Aracaju para fazer o ENEM. Conseguimos através de uma amiga, contatar com uma pessoa que já conhecíamos e sendo assim, Daniel está dividindo com ele um apartamento e aprendendo a independência completa.

Conseguimos uma transportadora por um preço ótimo, o que não era fácil. Nossa mudança chegou sem prejuízos e, mais cedo do que nós prevíamos, chegaram inclusive alguns minutos antes de nós. Tivemos que nos desfazer de vários móveis e graças a Deus, sem tristezas. Realmente, a mudança foi radical em todos os aspectos.

Quando meu marido marcou o dia para me buscar, a empresa Queiroz Galvão o chamou para trabalhar. Deus é fiel! O emprego é em Recife, assim que como pedia a Deus, durmo com ele todas as noites e acordo com ele ao meu lado.

Aqui estamos em um verdadeiro paraíso tropical que é Enseada dos Corais, onde temos uma belíssima praia, além de estarmos bem perto das belas praias de: Xaréu, Gaibu, Paiva, Calhetas, Porto de Galinha, Itapuama. Do mirante podemos nos deslumbrar com um litoral maravilhoso.

Agora sim, “PRAIAS E PRAIAS” faz perfeito sentido para nós. Bom é ouvir a voz de Deus e ser guiados pelo seu Santo Espírito.

 Estamos muito felizes! Deito na nossa rede e contemplo os pássaros voando, cantando as mais belas melodias, escuto o coaxar dos sapos, contemplo a bela floresta da reserva do PAIVA, bem ao lado da nossa casa.
Quando saímos viajamos quilômetros sob uma alameda que me encanta. Existem poucas casas perto de nós, mas esta calma, esta tranquilidade, me enleva e sou grata a Deus pela felicidade do meu marido em conquistar este espaço tão precioso para nos deleitarmos.
Por Guiomar Barba.
                                           
                                            Gaibu

                                     Paiva

Pedra do Xaréu  

Itapuama
Calhetas

Porto de Galinha







Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

5 comentários:

RODRIGO PHANARDZIS ANCORA DA LUZ disse...

Boa noite!

Fico feliz pela irmã estar bem , morando num lugar bonito e tranquilo junto com seu esposo.

Deus é fiel! Como escrevi citando a Bíblia num de meus artigos sexta-feira, no meu blogue, o segredo está na confiança e na tranquilidade em Deus.

http://doutorrodrigoluz.blogspot.com.br/2013/05/uma-reflexao-tirada-do-livro-de-isaias.html?spref=fb

Abraços.

Guiomar Barba disse...

Oi Rodrigão, obrigada amigo. Realmente aqui é um paraíso, hoje comemos lagosta num preço que nunca imaginei, barata e gostosa. Cozinhamos caranguejo e apesar de só nós dois, estávamos tão felizes.

Gosto desta passagem de Isaías, Deus me falou muito profundamente através dela. Abraços.

Eduardo Medeiros disse...

Gui, mudanças são sempre boas(ou não) rss Eu como filho de militar, odiava ter que mudar tantas vezes em perídos relativamente curtos: Rio, Angra dos Reis, Salvador, Sergipe, Salvador(outra vez), Rio (outra vez e definitivamente).
Cresci assim, perdendo amigos e namoradinhas pelas quais eu era eternamente apaixonado...rss
Mas sinceramente, fico feliz de você ter chegado ao seu lugar de "praias e praias"; te desejo de coração toda a felicidade do mundo(mesmo sabendo que nem você nem eu jamais teremos toda a felicidade), mas desejar não é proibido e saber construir uma felicidade duradoura é previlégio dos sábios.

beijos e um abraço no maridão barrigudo(essa foto no alto do blog está indecente, troca isso daí, menina) kkkkkkkkkkkkkkkkkk

RODRIGO PHANARDZIS ANCORA DA LUZ disse...

Oi, Guiomar.

Embora eu não coma frutos do mar, não vejo nenhum pecado nisto. Apenas acho bom evitar o exagero porque essas coisas aumentam o colesterol ao contrário do peixe que é mais saudável. (rsrsrs)

Mais uma vez desejo tudo de bom pra irmã. Deus abençoe sua casa!

Guiomar Barba disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Edu, estamos na porta de uma pousada, já entrando em um barco...

Retornar para o topo da Página
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML