terça-feira, 29 de outubro de 2013




“O homem bom deixa herança para os filhos de seus filhos.” (Provérbios 13:22a).


"Estes dias estou lendo o livro “MOMENTUM” de Eric & Bill Johnson, eles são pastores na Igreja Bethel, em Redding, na California. Gostaria de compartilhar um trecho do cap. 6 que achei interessante onde ele trata a questão da herança espiritual, confesso que ainda estou diluindo as ideias, já que eu mesmo não tive a oportunidade de ter recebido dos meus pais esta herança, nasci em um lar sem princípios cristão, então o meu começo foi da estaca zero, hoje tenho o privilegio de deixar aos meus filhos esta herança e sei que eles estão tendo a oportunidade de começar a vida crista de uma maneira totalmente diferente da minha. A minha oração é que eles saibam aproveitar esta herança e que ela possa alcançar outras e outras gerações, lembrando que a parábola de Lucas 15: 11-32 é uma realidade em nossos dias, tenho visto muita gente gastando, jogando fora, perdendo a herança que tem recebido de seus pais ou antepassados. Vamos dar uma olhada no texto? Herança “Casa e riquezas são herdadas dos pais...” - Provérbios 19:14 Qual é o propósito de uma herança? Ajudar os filhos para que eles não tenham de começar do ponto em que seus pais começaram. Assim, eles não precisam economizar durante dez, vinte anos para comprar uma casa ou começar um negocio. Os que são bastante abençoados para deixa algo relevante para os filhos lhes fornece um importante começo, com a esperança de que eles irão mais longe e caminharão mais rápido durante a vida. Simplesmente não é verdade que todos têm de começar no mesmo ponto e passar pelas mesmas dificuldades. É bíblico o conceito de que uma geração forneça um estímulo à seguinte. A herança espiritual funciona da mesma maneira. Ela capacita a geração seguinte a começar no ponto em que a geração anterior parou. Esta é a intenção de Deus para nós: “que despertemos para isso”, um dos princípios mais importantes da vida cristã, porem bastante negligenciado. Ele quer que as gerações transmitam sua herança espiritual. Com uma herança, conseguimos de graça aquilo que outro pagou para obter. Às vezes, herdamos graça do Senhor e, por causa disso, não temos de passar por alguns dos processos pelos quais a geração anterior passou. É como quando a pessoa impõe as mãos sobre outra pessoa para transmitir uma graça a uma área determinada da vida e do ministério. Essa pessoa consegue a graça gratuita. É assim que funciona no Reino, vemos alguém que tem uma unção de cura extraordinária e pedimos que ore por nós e, desse ponto em diante, começamos a orar pelas pessoas e vemos coisas que nunca tínhamos visto acontecer. Isso é herança. A herança espiritual diz respeito a nos tornarmos mais eficazes e eficientes na nossa representação do Rei e seu Reino. Não diz respeito à nossa gratificação. É deleitável, agradável, prazerosa e encorajadora, mas não é apenas para consumo pessoal. É para abrir portas a fim de que o Rei e seu Reino exerçam influência sobre mais lugares que antes. “Aquele que não poupou a seu próprio Filho, mas o entregou por todos nós, como não nos dará juntamente com ele, e de graça, todas as coisas?” (Romanos 8:32)."

Lendo este texto me veio a memória a persistência dos meus pais em deixar para nós, os seus filhos, a maior e mais rica herança que durante seus longos anos de vida cultivaram com todo amor, reverência e fé. Sempre agradeço a Deus pelo fato de ter minha vida direcionada por Ele. Sei que esta entrega do meu caminho ao Senhor é o resultado de um longo aprendizado. De todo este legado deixado por nossos pais, alguns princípios me norteiam com absoluta segurança. Um deles foi a confiança absoluta que eles depositavam no Senhor. Sem palavras, mas vivenciando-a dia a dia, eles nos ensinaram que confiar no Senhor de todo coração nos traria perfeita paz.
Outro princípio importantíssimo foi nos disciplinarmos em uma vida de intercessão, oração e súplicas. Lembro-me que, diariamente, nas primeiras horas da manhã, ao meio dia, e ao entardecer, meus pais oravam de joelhos.
Um terceiro princípio foi deixar que Deus tomasse a rédea das nossas vidas. Jamais tomamos uma decisão, por mais insignificante que nos parecesse, sem termos certeza que Deus nos assegurasse de que ela seria a melhor para a nossa vida.


Esta herança temos passado para os nossos filhos e temos visto a benção plena do Senhor, sobre a vida deles.
Obrigada aos meus queridos pais que, agora na eternidade, puderam descansar seguros de que procuraram deixar a única herança que tem um valor eterno.

Guiomar Barba





Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

3 comentários:

Paulo disse...

As suas postagens são, sempre, muito inspiradoras.
Beijo desde Portugal
Paulo

Guiomar Barba disse...

Encontrá-lo aqui, Paulo será sempre uma honra. Beijo

António Jesus Batalha disse...

É para mim uma honra acessar ao seu blog e poder ver e ler o que está a escrever
reparei que se tem esforçado por nos dar o melhor,
é um blog que nos convida a ficar mais um pouco e que dá gosto vir aqui mais vezes.
Posso afirmar que gostei do que vi e li,decerto não deixarei de visitá-lo mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se ainda não segue pode fazê-lo
agora, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
Que a Paz de Jesus esteja no seu coração e no seu lar.

Retornar para o topo da Página
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML