sábado, 3 de maio de 2014

CONFIE NO OURIVES


Deleite-se no Senhor, e Ele atenderá os desejos do seu coração.  (Salmo 37.4) 
Aos nossos olhos, Deus deveria estar de plantão para as nossas emergências. A compreensão do seu “tardio” atendimento torna-se difícil para nós. O próprio Jesus que nos disse: Acaso Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a Ele dia e noite? Continuará fazendo-os esperar?” (Lucas 18.7)
Em meio às nossas aflições nos esquecemos da promessa do nosso Mestre: Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas. (Mateus 6.33)
Temos consciência de que as aflições nos trazem crescimento espiritual e fortalecimento no Senhor, quando vivenciadas da forma correta ou seja: reconhecendo a soberania de Deus e acreditando piamente que ... Deus age em TODAS AS COISAS para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.” (Romanos 8.28)

O dicionário online de português dá o significado a palavra “vivenciar” da seguinte forma: “Viver determinado momento de modo que o mesmo tenha um significado profundo”.

Urge, portanto, determinar no nosso coração a necessidade de confiarmos que o Ourives conhece a temperatura adequada para tornar o ouro líquido. Portanto, moldável, apto para tornar-se uma preciosa joia nas mãos hábeis do grande Ourives.

Se o ouro permanecer no seu estado bruto quem lhe reconhecerá o valor? Pensando no ouro com seu valor e no sal com seu sabor, trazemos à memória as palavras de Jesus: “Vocês são o sal da terra. Mas se o sal perder o seu sabor, como restaurá-lo? Não servirá para nada, exceto para ser jogado fora e pisado pelos homens.” (Mateus 5.13). Embora o ouro no seu estado de impurezas não perca o seu valor nem a sua natureza, apenas um especialista reconhecerá se está puro ou não. Não podemos nos esquecer, no entanto, que o Grande Mestre nos ordenou: “Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus". (Mateus 5.16)





Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

2 comentários:

RODRIGO PHANARDZIS ANCORA DA LUZ disse...

Olá, minha irmã.

Certamente que, se deixarmos Deus nos conduzir nos momentos de angústia e aflição, estaremos vivenciando com proveito todas as circunstâncias pelas quais passamos. O sofrimento, por si só, não significa que nos beneficiará. Uma pessoa pode, por exemplo, tornar-se mais amargurada ainda. Mas ela também pode fazer do limão uma limonada, o que não significa masoquismo por parte do cristão, mas sim buscar as coisas boas e transcender o momento com fé no Senhor.

Ótima semana pra você!

Guiomar Barba disse...

Tão bom Rodrigão quando chegamos a esta maturidade. quando aprendemos que realmente "Todas as coisas cooperam para o nosso bem, quando de fato amamos a Deus". Tenho provado e visto a fidelidade de Deus na minha vida e de tantos outros amigos que decidiram firmar os seus corações na confiança no Pai.
Abraços, que Deus continue a te abençoar e também a sua Nubia.

Retornar para o topo da Página
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML